Cybersecurity: 4 dicas para proteger seus dados

17-04-2019

Cybersecurity: 4 dicas para proteger seus dados

Todos os dias, a todo minuto, pessoas têm seus dados expostos ou sofrem ataque de hackers.

No segundo trimestre de 2018, cerca 63,8 milhões de ciberataques foram detectados, ou seja, 8 links falsos por segundo - 28 mil por hora.

De acordo com o Relatório de Segurança, no Brasil, do segundo trimestre de 2018, entre estes ataques, algumas categorias estão em evidência:

Phishing via app de mensagem - 36,6 milhões

Publicidade suspeita - 12,2 milhões

Notícias falsas - 4,4 milhões

Além disso, os cibercriminosos estão apostando estratégias para convencer o usuário a aceitar uma permissão de envio de notificações de celular. 


Diante de todo esse cenário, saiba como melhorar a segurança das suas informações, a partir de atitudes simples: 


Cuidado com o Phishing

O Phishing é um crime virtual em que a vítima é abordada através de e-mail, telefone e websites falsos. O contato é muito semelhante ao original, com nome de bancos ou empresas prestadoras de serviço, solicitando informações pessoais (CPF, logins, senhas, número de contas etc) ou que se instale um arquivo.

Empresas de todos os tamanhos podem ser alvo de golpes como este e ter seus dados, ou dados de clientes, roubados. Com essas informações em mãos, os cibercriminosos podem realizar diversos crimes ou pedir um resgate das informações, semelhante a um sequestro.

Por isso, fique atento e só passe informações se tiver 100% de certeza que está seguro. Em caso de dúvida, entre em contato com a empresa que está solicitando suas informações.

Dica: fique atento ao link, observe erros de ortografia, passe o mouse e verifique a prévia da URL. Não abra ou baixe nada se estiver em dúvida. 


Utilize senhas fortes

Fuja do óbvio, como nomes de pessoas da família;

Opte por senha fáceis de lembrar, assim você não precisa deixar anotado, correndo o risco de perder;

Não utilize palavras reais, uma dica é oito ou mais caracteres, caracteres especiais e alfanuméricos;

Não recicle senhas e não utilize a mesma para outras contas. 


Faça backup em fontes seguras

Fazer backup de seus dados, garantem que em casos de roubo, perda ou catástrofes, você possa restaurar as informações sem prejuízo. Para isso, é preciso estar atento à algumas dicas:

Não faça backup e armazene as informações no mesmo PC ou em dispositivos guardados no mesmo ambiente físico;

Armazene as informações na nuvem, em dispositivos como pen drives e HD externo, mas guarde-os em locais seguros;

Habilite a criptografia das informações; 

Sempre faça testes de integridade do backup, assim você evita surpresas, como arquivos corrompidos.

Seguindo essas dicas, seus dados estarão seguros!


Acesso remoto: somente em ferramentas seguras!

Quando você precisar recorrer ao suporte do seu software, só aceite acesso remoto em ferramentas seguras. Alguns dispositivos podem deixar seu computador vulnerável à invasões.  

A Desbravador utiliza o Logmein, uma ferramenta de suporte remoto altamente segura, todas as sessões são protegidas por segurança de camada de transporte 1.2 e criptografia AES 256 bits.

Seja exigente quando o assunto é a segurança das suas informações!


Fontes:

https://bit.ly/2QYlGMb 

https://bit.ly/2HUWaGL 



Notícias relacionadas

Desbravador News ✉ n.28

Confira as novidades da Desbravador nos últimos meses!


Leia mais

Experiência do cliente: saiba como aumentar as vendas do seu hotel

Como sua empresa se relaciona com o consumidor? Assim como tudo em nossa volta, essa relação empresa – consumidor também está em constante evolução. Ter o melhor produto ou o preço mais atrativo não é mais suficiente para se destacar da concorrência e garantir as vendas.


Leia mais

Interfaces escuras: entenda a influência da cor na usabilidade de um sistema

Você já ouviu falar ou utiliza algum sistema (software ou aplicativo) com a interface escura? Você já parou para pensar porque ele foi desenvolvido com essa característica? A cor é um elemento perceptivo, que remete a uma série de sensações, por isso, é muito explorada pela publicidade.


Leia mais