Pesquisa da Fecomércio SC aponta retomada consistente no setor hoteleiro catarinense

25-03-2022

Pesquisa da Fecomércio SC aponta retomada consistente no setor hoteleiro catarinense

Foi divulgada a pesquisa sobre o turismo de verão no litoral catarinense da Fecomércio SC. O levantamento aponta uma mudança no perfil dos veranistas e uma retomada consistente do setor hoteleiro.

A pesquisa foi realizada com 1078 turistas e 554 empresários/gestores. As entrevistas foram realizadas entre dezembro e fevereiro em Balneário Camboriú, Florianópolis, Imbituba, Laguna e São Francisco do Sul.

Mudança de perfil

Nesta temporada de veraneio, mais da metade dos turistas estão na faixa de renda que vai de R$ 2.204 a R$ 8.812, uma tendência que tem mudado nos últimos anos, sinalizando a tendência do crescimento na partição de turistas da faixa 5 (R$ 8.813 a R$ 11.015), que representaram 15,1% neste ano, o maior percentual desde 2013.

A consolidação de turistas deste perfil pode representar uma oportunidade para os empresários do ramo, uma vez que este público tende a consumir produtos e serviços com maior valor agregado.

Como o turista gastou

O gasto médio na temporada foi de R$ 4.698, quase R$ 500 a mais do que a média histórica de R$ 4.231. O valor foi puxado pela hospedagem, que representa R$ 2.745, seguido por alimentação e bebidas (R$ 1.875).

Saldo positivo

Na avaliação dos empresários, o movimento de clientes foi positivo. Ele foi considerado bom para 41,9% dos entrevistados e muito bom por 4,75%. O faturamento de todos os seguimentos da pesquisa aumentou em relação à temporada anterior e aos meses comuns do ano.

Destaque para hotéis e pousadas

Os hotéis e pousadas se destacaram entre os meios de hospedagem, atingindo a maior marca da série histórica. A fatia de ocupação da hotelaria chegou a 37,6%, enquanto os imóveis alugados foram a opção de 29,5% do público. Essa foi a diferença mais expressiva desde 2015.

De acordo com a pesquisa, a busca por comodidade e os serviços oferecidos pelos estabelecimentos pode ter sido a motivação desta escolha.

Outros dados

Brasileiros eram 86,6% dos veranistas. O público estrangeiro saltou de 2,1% em 2021 para 13,4%. O percentual de turistas que viajaram com veículos próprios superou a média histórica (69,8%) e chegou a 72,1%.

O atendimento em hotéis foi o que mais recebeu reforço para atender os turistas: mais da metade dos estabelecimentos admitiu funcionários temporários (59,6%).

*com informações de TNSUL


Notícias relacionadas

Saiba como impulsionar as vendas do seu hotel neste carnaval

Há poucos dias do Carnaval, seu hotel está preparado para receber os foliões? Confira algumas dicas para impulsionar as vendas!


Leia mais

DESBRAVADOR AGORA INTEGRA CHANNEX, O QUE ISSO AGREGA PARA VOCÊ?

É difícil decidir qual booking engine? É difícil atualizar cada booking engine? NÃO MAIS!


Leia mais

O MELHOR DE DOIS MUNDOS...

A sua casa com as regalias dos serviços de hotel, bem vindos a sua nova casa...


Leia mais